Prefeitura lança campanha contra enchente

0

O nível do Rio Negro continua igual ao processo de cassação da chapa Dilma-Temer: não para de encher! O avanço da água sobre ruas e casas está tirando o sono dos moradores da zona urbana. Eles passaram a conviver com lixo, animais e risco de crianças caírem no rio. “A água não tem cabelo”, diz morador que junta dinheiro para comprar madeira e elevar o piso de sua residência.

Depois de examinar de helicóptero os estragos nos locais, o prefeito-interino Marco Rota 66 garantiu que vai empreender uma campanha para preparar a população carente contra a subida das águas, já que as águas não vão mesmo descer por decreto, como queriam os vereadores da base aliada.

O primeiro passo, segundo Rota 66, será salvar a cambada de ignorantes que mora nas áreas de risco, sempre mais propensa a morrer nos desabamentos e dando um trabalho feladaputa pra depois os bombeiros desenterrarem.

Com o slogan “Quem desce, não dança”, será colocado em cada morro da cidade um vistoso tobogã de fibra de vidro em cores bem berrantes, iluminado a LED durante 24 horas por dia. Assim, quando os casebres ameaçarem desabar durante o pé d’água, a pobreza senta num saco de estopilha e desce pelo tobogã, numa operação que vai unir o útil ao agradável.

Numa segunda etapa, depois que inaugurar o BRT, em 2020, a prefeitura vai aproveitar os ônibus que saírem de circulação para encampar os pneus e desapropriar as câmaras de ar. Aí, as pessoas cadastradas pela Defesa Civil vão receber uma boia de pneu por cada filho que for mantido na escola.

No que cair o pé d’água, basta o sujeito enfiar a boia na cintura e esperar a subida das águas na maior tranquilidade. Segundo o prefeito interino, quem se afogar depois de todas essas medidas educativas tem mais é que morrer mesmo pra deixar de ser leso.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here