Os Salvadores da Pátria já estão no corredor

0
MANAUS 06.10.14 - VERADOR MARCELO SERAFIM (PSDB) DISCURSA NA SESSAO PLENARIA DA CAMARA MUNICIPAL DE MANAUS (CMM). FOTO;TIAGO CORREA/CMM

O povo amazonense está deveras emocionado com a demonstração de amor que lhe vem sendo hipotecada por todos os políticos do Estado. Nem bem começou o boato de que haveria eleições diretas para um mandato-tampão de governador, centenas de homens públicos foram vistos pelas ruas da capital gritando em uníssono: “Eu quero me sacrificar pelo povo!”

Mesmo cientes de que o Amazonas está falido e mal pago, com o funcionalismo à beira de um ataque de nervos e uma dívida com fornecedores maior do que o rombo da Previdência, nenhum deles desistiu de dar sua parcela de sacrifício aos habitantes da capital e do interior. Muitos, inclusive, já colocaram seu bloco na rua, a despeito de a propaganda eleitoral dos candidatos só começar oficialmente a partir de 20 de junho.

Pré-candidato na eleição suplementar pelo Partido dos Sarafas Brasileiros (PSB), o vereador Marcelo Chapolin, o “Sarafinha”, já está se sentindo as pregas da Odete (Roitman) porque conseguiu o apoio do Partido Meio Nanico (PMN), do também vereador Chico Preto, o “César Marco Antônio da CMM”.

Com o novo apoio, Chapolin aumentou em 10 segundos o tempo da sua coligação na propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão. “Se a gente conseguir o apoio do PV e do PSOL, vamos ter quase 30 segundos de propaganda diária e carimbar automaticamente nossa passagem para o segundo turno da eleição”, diz ele. Só falta agora combinar com os russos.

Outro que já colocou a carroça na frente dos burros foi o deputado federal Pastor Silas, o “Triplo X”, pré-candidato do Partido da Rapinagem Bestial (PRB). Segundo o PhD em expertises fraudulentas Eike Batista, suas empresas eram batizadas de “X” por que este é um sinal de multiplicação equivalente ao dízimo da teoria da prosperidade dos pentecostais. Eike foi preso na 34ª fase da Operação Lava Jato, batizada de “Arquivo X”.

O Pastor Silas não tem medo de ser preso. Investigado no STF por corrupção passiva, falsificação de documentos e estelionato eleitoral via Fundação Boas Novas, administrada pela própria família (A fundação teria recebido quase R$ 9 milhões em emendas propostas pelo próprio deputado, através de um convênio com a Secretaria da Cultura do Amazonas), o candidato garante que é “gente boa”. Tem quem acredite.

Mestre em Sustentabilidade de Parentes nas Tetas da CMM, o vereador Wilkesley Barreto, o “Ovo Kinder da Compensa”, será candidato pelo Partido do Húmus Sexual (PHS). Ele tem o apoio das lâminas de barbear Wilkinson porque não gosta de Gillette. Há controvérsias.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here