Os 10 maiores garanhões da ficção

0

Por Marcel G Costa

Pois é, era pra ser um momento de lazer, você senta sua bunda gorda diante da TV e fita a caixa mágica, e o que era pra ser um momento de paz, se transforma em dor, desespero angústia e agonia. Você se pergunta: como esse cara consegue? O que ele tem que faz com que TODAS as mulheres queiram transar com ele? Pois é amigo, ser o Hank Moody não é para todos, provavelmente nem para o próprio David Duchovny.

Desde que existe entretenimento, nós homens somos obrigados a lidar com esses seres superdotados de roteiros engenhosos, personagens que fazem com que as mulheres morram de amor e com que nós, reles mortais, apenas ousemos copiá-los em vão ao tentar atingir um nível inatingível. Mas de fato, eles nos ensinam algumas coisas, afinal, foram escritos por mãos humanas (obrigado Tom Kapinos).

E por isso, nada mais justo eleger os maiores comedores da ficção, até porque mesmo não existindo de fato, muitos deles se transformaram em mestres e mentores de diversas gerações.

#1 Hank Moody – Californication

 

Um mito, isso resume o personagem, provavelmente é o único homem no planeta que vai à feira comprar pastel e come uma gostosa na ida, outra na barraca, e uma na volta, e quando chega em casa tem outra mulher lhe esperando. Mas a grande lição que Hank nos deixa é que deve-se gostar de mulher (gostar mesmo, com paixão), mais do que se gosta de sexo (pode parecer óbvio, mas acredite: tem cara mais preocupado em colocar a piroca em qualquer buraco que aparecer), goste de todas, ame todas, e com um pouco de sorte pode chover gostosas no seu colo.

#2 Charlie Harper – Two and a Half Man

 

Existe algum homem na terra que não conheça Charlie Harper. o Charlie Sheen menos escrachado? Duvido. Todo homem nutre uma profunda admiração pelo solteiro, canastrão e pegador que Charlie Harper é, um mestre. Com bom humor e muita sátira para o que é sério, ele transforma problema em descontração.

#3 James Bond – 007         

 

Esse dispensa apresentações. O espião número um do cinema é o que todo homem gostaria de ser. Não é à toa que existem até agências de viagem especializadas em criar um roteiro para que você se sinta o novo 007. Ser o James Bond é um sonho: carros, ternos elegantes, lindas mulheres e licença para matar. O que ele ensina: que a perspicácia é um afrodisíaco para chamar a atenção do sexo oposto.

#4 Sebastian Valmont (Ryan Phillippe) – Segundas Intenções

 

Quem já assistiu o filme “Segundas Intenções”, sabe do que eu estou falando. O cara pode até se apaixonar e morrer por conta desse amor, mas no caminho a única mulher que ele não comeu do elenco foi sua meia irmã (e foi por pouco). Vale à pena assistir a película e dar uma polida na arte do xaveco, que o jovem Sebastian sabe tudo.

#5 Christian Troy – Nip Tuck

Nip Tuck foi uma das séries mais polêmicas e sangrentas a passar na telinha nos últimos anos. Apesar do exagero na realidade das cenas de cirurgia plástica (haja estômago), vale a pena ver a rotina do médico antiético Christian Troy, que passa o rodo em quase todas as suas pacientes, e nas horas livres, nas modelos de Miami também.

#6 Dean Winchester – Supernatural

Talvez o menos pegador da lista, mas temos que dar um bônus: o cara passa grande parte do seriado lutando com o rabo de seta. Mas sempre que sobra um tempinho, Dean faz a dele e pega a mulherada, e quando digo mulherada, é de qualquer espécie: anjos, demônios, vampiras, o cara papa tudo.

#7 Barney Stinson – How I Met You Mother

 

Legendário, simples assim. Barney Stinson é um dos homens mais importantes do século XXI, criador de duas obras primas da literatura, o “Bro Code” e o “Playbook”, ou seja, o código dos brothers e o livro de cantadas são obras dessa lenda, e você pode comprá-los em uma livraria perto de você. Mas não são os dotes literários que colocam o gênio Barney nesta lista. O cara pegou todo mundo em “How I Met Your Mother”, e graças a ele eu descobri que todo homem deve se propor o desafio da semana perfeita (pegar uma mulher por dia, de segunda a domingo) e do mês perfeito (pegar uma mulher por dia durante um mês), são coisas como essa que classificam Barney como uma lenda.

#8 Joey Tribbiani – Friends

Os personagens de Friends são legais, mesmo que um tanto tapados, mas convenhamos, se tem alguém que merece nosso respeito lá – excluindo as gatas Lisa Kudrow, Jennifer Aniston e Courtney Cox – é o ator meia boca Joey Tribbiani. Aposto que 90% dos jovens americanos já chegaram em uma gata e soltaram a clássica frase: How you doing?

#9 Jordan Belfort (Leonardo DiCaprio) – O Lobo de Wall Street

 

Mais uma obra prima do mestre Scorsese, e diferente dos outros nomes da lista, Jordan Belfort é real. Se tudo que está retratado no filme é verdade, eu não sei, mas se 40% do que esta lá realmente aconteceu, Jordan provavelmente é um dos maiores comedores da história e faria frente a qualquer rockstar sem problemas.

#10 Sawyer – Lost

Que Lost é um seriado muito doido e enigmático, todo mundo sabe. E que Sawyer é um dos personagens mais carismáticos da série não há dúvidas. Imagine a seguinte situação: os caras estavam em uma ilha com todo o tipo de perigo. Mas o cara arranjou um tempinho pra descer a lenha na mulherada toda. Com isso ele tem meu respeito. E fica a dica, se você ficar preso em uma ilha macabra, transe com o máximo de mulheres possível, pois você pode morrer a qualquer minuto.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here