O Gilmar não tá pra peixe!

0

Por Agamenon Mendes Pedreira

Quando a gente pensava que a coisa estava feia, aí veio o Gilmar Mendes e a coisa ficou muito pior. Como diria a minha avó, “Gilmar Mendes é um purgante!”. Gilmar é uma espécie de Lacto Purga do Supremo Tribunal Federal: solta tudo. Não tem bandido, malfeitor, escroque ou estuprador que o Gilmar Mendes não solte com barulho ensurdecedor e fedor insuportável, incomodando e constrangendo toda a sociedade. Tremenda falta de educação do magistrado.

Convoquei o meu personal psicoproctologista, Dr. Jacintho Leite Aquino Rego, para fazer uma análise psicopatológica da obra do eminente jurisconsulto. Dr. Jacintho recolheu uma amostra da obra de juriexcrescência do Gilmar numa latinha e, depois de um exame detalhado ao microscópio, garantiu que o famoso rábula não tem fixação na Fase Anal Retentiva, muito pelo contrário.

Além da capa na Veja, Gilmar conseguiu uma façanha: virou uma unanimidade nacional, coisa rara no Brasil de hoje em dia. Gilmar Mendes é um dos sujeitos mais odiados do país. E olha que a concorrência é grande!

Alheio a tudo e a todos, o arrogante meretríssimo, com medo, vive todo togado. Por isso mesmo, está mandando soltar todo mundo que foi preso pela Lava Jato. Não satisfeito, Soltar Mendes, entrou em guerra com o Procurador Geral da República, Rodrigo Jávou. Tirando partido de sua beiçola proeminente, Gilmar Mentes deu um beiço na opinião pública, que não aguenta mais ver tanta bandidagem de colarinho branco e reputação marrom solta por aí.

E não ficou só nisso, não! Num arrojado gesto de escárnio jurídico, Gilmau Mendes mandou soltar o seu compadre Jacob Barato. Gilmar foi padrinho de casamento da filha do empresário e inseto. Gilmar Mentes se esqueceu que o Barata sai caro e disse que não vê nenhum constrangimento nisso. Aliás, o mesmo argumento utilizado pela raposa que foi chamada para tomar conta do galinheiro.

E por falar em raposa e galinheiro, o senador de alta periculosidade, Aético Neves, quer de volta a presidência do PSDB (Partido Só De Bundões). Beócio Neves estava afastado do galinheiro tucano por mau comportamento.

Aecinho desde menino foi problemático. Filho de pais separados, Aécio foi criado pelos avós que lhe faziam todas as vontades. Quando passou no vestibular, ganhou o estado de Minas para dirigir. Depois que o avô morreu, achou que iria herdar o Brasil, mas acabou ficando só com um apartamento na Avenida Atlântica. O problema é que, desde pequeno, o Abominável Aécio das Neves gosta de andar em más companhias, como o Luciano Huck, o Calainho, o Diniz, Furnas e a JBS.

 

(*) Agamenon Mendes Pedreira é jornalista em regime semiaberto.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here