O dia em que Jamelão foi barrado no baile

0

Agosto de 1997. O rabugento Jamelão estava em Manaus para fazer um show exclusivo no badalado Nostalgia Club. Para aproveitar a manhã de sábado, seus cicerones o convenceram a dar uma entrevista no programa da jornalista Baby Rizzato, um dos mais prestigiados e de maior audiência naquele horário na cidade.

Por volta do meio-dia, eles chegaram ao estúdio da TV A Crítica. O produtor do programa, Kid Mahal, falou que a pauta já estava completa e que não tinha brecha para o cantor mangueirense ser entrevistado.

A pauta era uma senhora ensinando a fazer flores com papel machê e um poeta de Alvarães falando sobre seu primeiro livro, custeado pela prefeitura do município.

– Porra, Kid Mahal, mas é o Jamelão, o maior sambista vivo de nossa história. Vai ser uma honra pra Baby entrevistar ele… – explicaram os cicerones do cantor.

Kid Mahal, que é da geração que acha que o samba começou com os grupos Karametade e Molejão, nem deu bola. Ele se comunicou pelo “ponto” com a apresentadora, que devolveu a bola pra ele.

O produtor foi enfático: se quisesse mesmo ser entrevistado pela Baby Rizzato o cantor deveria ter marcado a pauta uma semana antes, igual a todo mundo. Não havia exceções.

Mais enfezado do que de costume, Jamelão ouviu aquela discussão inútil sem mover um músculo do rosto.

Os radialistas Walter Yalas e Carlos Caldas, da rádio A Crítica, fãs confessos do cantor, que iam passando casualmente pelo corredor da emissora, nem pensaram duas vezes: arrastaram Jamelão para o estúdio da rádio, entraram no meio do noticiário que estava rolando e conversaram quinze minutos com o sambista. Saíram do estúdio de alma lavada.

Quando Baby Rizzato soube do ocorrido, quis pedir desculpas a Jamelão. Até então, ela só sabia que “um sambista das antigas” estava querendo participar do seu programa porque tinha sido aquilo que Kid Mahal havia falado pelo “ponto”.

Jamelão estava irredutível:

– Me leva embora, porra, que eu não quero mais nem ouvir falar no nome dessa mulher…

Tratado a leite de pato onde quer que desse as caras, o grande Jamelão foi barrado no baile pelo internacionalmente conhecido Kid Mahal, o famoso “quem?”… Dá pra acreditar?

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here