Musas da Banda da Caxuxa já estão em Manaus

0

Nesse sábado, 25, no Canto do Fuxico, as musas da Banda da Caxuxa serão apresentadas oficialmente aos foliões durante o penúltimo esquenta da troça carnavalesca mais divertida da cidade.

As popozudas chegaram a Manaus na manhã desta quarta feira e, na mesma tarde, participaram de um jogo beneficente na quadra de futebol society Golden Gol, enfrentando as Sereias Encantadas, de São Francisco. O jogo terminou empatado em 7 a 7.

Durante o evento, foram arrecadadas três toneladas de latinhas de cerveja, que serão doadas à Cooperativa de Catadores da Bethânia Oriental e Adjacências (Cocadaboa)

“Estamos muito felizes em pode ajudar a essa causa humanitária e mostrar que não somos apenas um rosto bonitinho”, explicou a técnica Hilda Furacão. “Também temos peitinhos e poupanças de não se jogar fora…”

Experimentado nos embates de Eros e verdadeiro mestre suburucu no assunto, o advogado Val Wilkens está encarregado de ciceronear as musas durante sua curta permanência em Manaus.

“Elas estão excitadíssimas para conhecer a cobra grande e depois brincar de casinha com um boto vermelho”, explicou ele. “A cobra grande já está na mão, achar um boto vermelho é que vai ser complicado. Lá no Canto do Fuxico só tem boto tucuxi…”

Intitulada “A Rosa é o nosso perfume permanente”, a marchinha da Banda da Caxuxa 2017 já está disponível no Spotfy e teve 12 milhões de downloads nas primeiras 24 horas.

Com letra de Simão Pessoa, música de Joel dos Ciganos, vocais dos Demônios da Garoupa, Maura Maravilha, Pet Shop Girls e grande elenco, a marchinha será executada ao vivo, nesse sábado, pelo grupo de sopros do Tenente Ramalho.

Segue abaixo a letra, pra você decorar e fazer bonito durante o panavueiro:

“Na Banda da Caxuxa todo mundo se diverte: / Têm os que cheira… Têm os que fede… / Na Banda da Caxuxa todo mundo brinca bem: / Careta de respeito dá um dois também… / A noite com seu manto prateado / Já escondeu o estresse e a tristeza / Bem singela nossa banda quer louvar / Rosa Vital de Almeida essa mulher guerreira / Se a noite ainda é dos namorados / A Rosa Almeida é o perfume dos amantes / Que saudade do querido Umberlino / Hoje no céu, com estrelas e diamantes / Vem cá, menina, ciganinha feiticeira! / Mestre Pajé batucando pra valer / Jaqueline, Sheila e Cláudia fazem coro / Que na Banda da Caxuxa quero ver o sol nascer!”

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here