Governador consegue R$ 300 milhões para duplicação da AM 010

0

Cumprindo extensa agenda em Brasília (DF), nesta quarta-feira, 22, durante reunião com o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Magalhães, o Governador do Amazonas, professor José Melo, garantiu o empréstimo de R$ 300 milhões para o Estado. Do montante, mais da metade será investida na duplicação da AM 010, entre Manaus e o Município de Rio Preto da Eva (a 80 quilômetros da capital), para facilitar o escoamento e ampliação da produção do interior oriunda da piscicultura e fruticultura, dois dos principais pilares da Matriz Econômica Ambiental.

Este é o segundo recurso milionário que o governador articula para o Estado em menos de dois dias. Nesta terça-feira, ele também obteve a liberação do investimento de R$ 185 milhões de uma emenda impositiva destinada para a construção dos anéis viários Sul e Leste, que vão ligar o Distrito Industrial ao Aeroporto Internacional Eduardo Gomes. A liberação do empréstimo junto a Caixa Econômica foi assegurada graças ao Fundo de Participação dos Estados (FPE), sem a necessidade de aprovação da União.

“Dentro da proposta da nossa nova Matriz Econômica Ambiental, que vai alavancar a economia do Amazonas, precisamos garantir que os produtores do interior consigam transportar seus itens. Para essa rodovia, Já estamos com todas as licenças prontas, ela está em fase de licitação e temos pressa para o inicio das obras. Nós queremos aproveitar esse verão e o próximo para chegarmos ao Rio Preto da Eva com AM 010 duplicada até dezembro do próximo ano”, disse Melo.

Do valor total, R$ 177,1 milhões serão destinados para a duplicação da estrada. O restante, mais de R$ 120 milhões, será investido em setores essenciais e de prioridade para a administração estadual como Infraestrutura, Habitação, Sistema Penitenciário, Segurança Pública, Estatais e Saúde. “Vale ressaltar que esses investimentos deixarão o Amazonas ainda mais competitivo dentro da visão econômica que criamos para o Estado”, completou o governador.

AM 010 duplicada – Mesmo antes do anuncio do empréstimo, a duplicação da rodovia AM-010, uma das obras mais importantes no projeto de melhoria da malha viária do Estado, já teve os serviços de manutenção, conservação e recuperação da rodovia iniciados. Também chamada operação tapa-buracos, essa ação realiza os trabalhos de recuperação da pista entre os quilômetros 17 e 269.

A medida vai beneficiar diretamente o município de Rio Preto da Eva, que desponta como o maior produtor de peixe em cativeiro do Estado.  Em 2015, produziu mais de 8 mil toneladas de pescado, e segundo os dados da Associação Brasileira de Piscicultura (Peixe BR), deve fechar o balanço de 2016 como o maior produtor do Brasil, com uma produção superior a 14 mil toneladas. A cidade também é destaque na fruticultura com a maior produção de citros, em especial a laranja.

Emprego e renda – Como parte da Matriz Econômica Ambiental, o Governo do Amazonas irá revitalizar 48 vicinais e ramais do interior. As obras estão previstas para iniciar no final do período das chuvas e devem gerar, entre outros benefícios, entre cinco e seis mil empregos diretos. Os recursos são oriundos do pacote de obras de R$ 1,5 bilhão para a infraestrutura, anunciadas no começo do ano pelo governador.

“Eles já estão licitados e com ordem de serviço, que devem começar até o final de abril, localizados desde Cruzeiro do Sul até Parintins. Estamos fazendo isso, pois vamos entrar com piscicultura e fruticultura nesses locais para agregar a nossa Matriz”, explicou.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here