Ecologistas querem deixar o pau em pé

0

Reserva Ducke – O grupo ecológico Alfaces Naturebas, ligados ao Greenpiço, denunciou o desmatamento das centenárias árvores genealógicas localizadas próximas da invasão Cidade de Deus, na Zona Leste da cidade, e ridicularizou a proposta da Prefeitura de fazer uma cidade mais inteligente. Eles querem que a cidade fique maisburra, mais jumenta,mais animal. Que nem o peixe liso.

O grupo veio participar de uma operação-tartaruga na sede do Ibama e dar uma forcinha para a greve dos viados campeiros, mas o movimento fracassou por falta de mobilização e os cus voltaram a abrir normalmente.

Alertaram também para a devastação do pau-de-arara que existia em grande quantidade no Ceará e nas delegacias de polícia, e que hoje está praticamente desaparecido, confinado nas bilheterias das casas de pagode ou nas portarias de edifícios comercias.

Na próxima semana, o grupo vai a Nova York solicitar que a ONU declare o teclado mágico do Carlinhos, a flauta transversal do Altamiro Carilho, o bongô do Paulo Peruka e o pau do Kid Bengala como órgãos ambientais protegidos pela Unesco.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here