Dicionário de Cearês – Letra A (Parte 1)

0

Por Marcus Gadelha

Abarcar – Rodear com os braços. Bater, dar um murro.

Abestado – Lerdo, otário, distraído.

Abirobado – Maluco.

Abiscoitado – Abestado.

Abortado – Sortudo, cagado.

Abrir – Ligar. “Zé, abre a televisão”.

Abrir dos pau – Correr da briga.

Abriram as portas do inferno – Fala-se quando chega muita mulher feia juntas numa festa.

Abucanhe, meu amor! – Chupe, meu amor! Expressão carinhosa e cheia de paixão.

Abufelar – Agarrar pela gola, agredir.

Abuletar – Aboletar. Se acomodar de forma esparramada e sem ser convidado. “Zeca foi entrando e se aboletando na poltrona da casa alheia”.

Abuso – raiva, nojo. “Ô homem do meu abuso”.

Acochada – Apertada. “Ah, meu amor, como você é acochada!”

Acorda João! – Golpe praticado com certa frequência em Fortaleza: o bêbado dorme na rua e o esperto despista que vai acordá-lo (“acorda João!”) e rouba-lhe os pertences.

Açucareiro – Mulher quando fica brava, elas geralmente assumem uma posição com as duas mãos na cintura, semelhante a um açucareiro.

Açulerador – Acelerador. “Capitão Blug, gago que só, apareceu no bar do Newton com um lançamento. A menina era linda e assanhada. Um dos amigos entusiasmado começou a pisar no pé da menina por baixo da mesa. Capitão Blug disparou: – Meu prezzzado, você tá pen-pensando que o pé da menina é a-a-açulerador é?”

Acunha! – Expressão de incentivo, torcida. “Manda ver!”

Acunhar – Chegar junto, foder.

Afobado – Com pressa, impaciente. Com raiva.

Afoguetado – Danado.

Agarrar no sono – Adormecer.

Agoniado – Nervoso, agitado, no sufoco. “João está agoniado de tanta dívida”.

Agora pronto! – Exprime espanto, indignação, revolta.

Água – Coisa fácil. “A prova foi uma água”.

Água que passarim não bebe – Cachaça.

Aguador – Regador.

Aguar – Regar.

Ah, uma jaula! – Expressão dita quando tem um inconveniente perturbando o ambiente. Usada também na presença de uma mulher feia.

Aí dento! – Aí dentro do seu ânus. Resposta a qualquer provocação. Segundo o grande cantor e pesquisador Falcão esta mania do cearense dizer “aí dento” tem origem no Egito Antigo. É só observar as gravuras nas pirâmides onde aparecem as pessoas de perfil com a mão fazendo aquele gesto característico. O radialista Mução tem uma premiação no seu programa diário. Chama-se: “Não diga alô, diga AÍ DEENTO!!!”.

Aí é Ferrim, meu fi! – Grito de guerra dos torcedores do Ferroviário Atlético Clube

Aí mente! – Não acredito! Jura?! Luiz Bolinha foi ver um show de Doris Monteiro no SECAT. Empolgado subiu no palco e sapecou no microfone: “Doris, como é que uma mulher aos 58 anos consegue manter essa plástica?” Doris indignada retrucou: “58 não, meu querido, 43!” E Luiz Bolinha no ato: “AÍ MENTE!”

Aiai – Viado, bicha.

Aié? – Expressão de surpresa. Denota aprendizado.

Ainda vai? – Gozação quando algum espertinho tenta algo e se dá mal.

Aldeota – É seguramente o maior bairro informal do país. Os especuladores imobiliários passaram a chamar de Aldeota todo bairro novo: Nova Aldeota, Aldeota Sul, Aldeota Norte, etc. Daqui a pouco Aldeota vai ser maior que Fortaleza.

Alencarino – Referente ao Ceará, a terra de José de Alencar.

Alfinin – Espécie de rapadura.

Aloprado – Homem com o pênis avantajado.

Alpercata – sandália de couro. Alpragata.

Altear – Aumentar o volume.

Aluá – Bebida típica da época junina feita com casca de abacaxi, rapadura, cravinho e outros ingredientes.

Alumiar – Iluminar. “Por essa luz que me alumeia”.

Amanari – Marginal. Homem com a cabeça raspada. Refere-se ao presídio de Amanari.

Amancebado – Amigado. Aquele que vive maritalmente com outra pessoa sem estar casado legalmente.

Amarelo impombado – Pessoa fraca de aparência doentia.

Amarelo queimado – A cor laranja.

Amassar um Bombril – Foder, transar.

Amojada – Diz-se da vaca e de outras fêmeas de animais prestes a parir e, por isso, com o úbere desenvolvido.

Amorcegado – Grudado e beijando o pescoço. “Raimundo estava amorcegando mais Toinha”.

Amulegar – Apalpar os seios.

Ande – Venha.

Ande Tonha! – Venha Tonha! Expressão muito popular que indica o ato sexual. “Aí eu peguei a bichinha pela cintura e ande tonha!” Nota: bichinha é mulher mesmo.

Anel de couro – ânus.

Antojo – Náuseas normalmente ligadas à gravidez.

Apaideguado – Pai d’égua, porreta, bacana.

Apartada – Mulher descasada.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here