Dicas de viagem para o turista aprendiz!

0

Viajar para o exterior é uma das boas coisas da vida, depois do sexo e do sorvete de chocolate com calda de caramelo, cobertura de marshmallow e castanhas. Se bem que, no sexo, muita gente dispense as castanhas.

Todo mundo sonha com o dia em que o dólar vai valer de novo um real para programar suas férias inesquecíveis: aquele cruzeiro no Titanic, aquelas praias da Normandia, um safári em Ruanda…

Mas em uma viagem para o exterior, um livro de viagem é sempre muito útil. Além de servir de travesseiro, ele é fundamental para matar as baratas das espeluncas aonde você vai se hospedar. Em caso de extrema necessidade, você pode até comê-lo. Dizem que com calda de caramelo, cobertura de marshmallow e castanhas fica quase tão bom quanto sexo.

Uma viagem ao exterior, para dar certo, começa muito antes da partida. É importante, por exemplo, saber arrumar a mala, sempre do lado esquerdo da cueca. Não se esqueça de chegar no aeroporto sempre duas horas antes da Sharon Stone, ou você pode perder o avião.

Comportamento a bordo – É a maior gafe bolinar a aeromoça sem estar completamente alcoolizado. Também não é legal sair do toalete da primeira classe animadão e avisar: “aí galera, interditei geral!”. Ao utilizar o fone de ouvido para acompanhar um filme, cuidado ao peidar. Você pode não ouvir o barulho que está fazendo.

Câmbio – Ao chegar num país estrangeiro, troque todo seu dinheiro, de preferência com alguém mais rico que você.

Alfândega – Procure viajar sempre para países que você já conhece porque alguém pode exigir que você já tenha visto.

Idioma – Segundo os norte-americanos, a menos que o sujeito seja mudo, gago ou tenha nascido em outro país, falar inglês está cada vez mais fácil. Ele é o idioma universal do planeta, o esperanto que deu certo. Se você, entretanto, não foi além do “the book is on the table”, decore essa meia-dúzia de expressões idiomáticas e faça bonito no exterior:

Between without spank – Entre sem bater.

What a beautiful baggage? – Será que não tem um filho da puta aqui pra me ajudar com a minha bagagem?

But this is a robot! – Porra, mas isso é um roubo!

Jesus Christ! – Nossa, que peitão!

Hey, baby! – E aí, gata, está a fim de se divertir?

Are you crazy? – Você aceita ticket restaurante?

Oh, no! – Poxa, isso nunca me aconteceu antes…

Oh, shit! – Que lugar horrível!

Hey, old man, take my picture? – O senhor pode tirar uma fotografia pra mim?

Hey, come here, your bastard! – Êi, volte aqui!

Our! How much fuck crazy people! – Nossa, quanta gente!

These fuck sun vigilance don’t want to open! – O guarda-sol não quer abrir!

Someone Lynn Paul you fat ass my towel! – Alguém limpou o cu na minha toalha!

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here