Confira as celebridades que se arriscaram como escritores

0

O livro “Na Minha Pele”, que o ator Lázaro Ramos lançou na Flip (Festa Literária Internacional de Paraty), foi o mais vendido da história do evento, com 1.187 cópias comercializadas, segundo a Livraria da Travessa, responsável pela loja oficial da feira.

Mas Lázaro Ramos não é o único famoso que decidiu lançar uma obra literária. Várias outras celebridades de outras áreas já lançaram livros e se arriscaram na carreira de escritor. Confira quem são estes famosos e algumas das obras que eles lançaram.

Com apenas 22 anos, a curitibana Kéfera Buchmann já reúne quase doze milhões de seguidores nas suas mídias sociais (YouTube, Facebook, Twitter e Instagram). São cinco milhões de assinantes só no seu canal no YouTube, “5inco minutos”, o quarto mais visto do Brasil. Ela recebe centenas de mensagens de fãs de todo o país diariamente e é sempre parada na rua. Se o YouTube é de fato a nova televisão, como argumentam alguns estudiosos, hoje Kéfera equivale aos antigos astros globais.

Com algumas diferenças, porém: enquanto aqueles atores e atrizes geralmente cultivavam um discurso de bons moços, Kéfera ficou conhecida por dizer o que pensa. E é daí, dessa sinceridade chocante e muitas vezes desbocada, que se alimenta o seu sucesso enorme. O livro “Muito mais que 5inco minutos” traz essa Kéfera sem papas na língua, mas não é centrado na sua fase atual de youtubber popstar. O livro joga luz sobre uma Kéfera que nem todos os fãs conhecem, a Kéfera pré-fama.

A menina super sensível que sofreu bullying em quase toda a infância e que, em vez de se dobrar, se tornando uma pessoa amargurada, se reinventou e ressurgiu como uma jovem forte e alegre que serve de exemplo para milhares de meninos e meninas. Kéfera fala desses momentos difíceis e também da sua relação tortuosa com a matemática, do seu primeiro beijo, de moda e de relacionamentos. Não faltam, claro, momentos hilários. E outros de deixar o coração apertado. Ou seja, Kéfera sendo mais Kéfera do que nunca.

Renato Aragão – Meus Caminhos – O Que o Tempo Me Ensinou (2002) e Amizade Sem Fim (2004).

Carolina Ferraz – Na Cozinha com Carolina (2014).

Alexandre Frota – Identidade Frota (2013).

Ana Maria Braga – À Espera dos Filhos da Luz (2010).

Beto Silva – Cinco Contra Um (2010).

Chico Buarque – O Irmão Alemão (2014).

Maitê Proença – Entre Ossos e a Escrita (2004).

Miguel Falabella – Vivendo em Voz Alta (2011).

Vera Fischer – Serena.

Fernanda Young – A Sombra das Vossas Asas (1997).

Tony Bellotto – Bellini e a Esfinge (1995).

Fernanda Torres – Fim (2013).

Vanessa da Mata – A Filha das Flores (2013).

Mel Fronckowiak – Inclassificável – Memórias da estrada (2013).

Fernanda Takai – A Mulher que Não Queria Acreditar (2011).

Adriana Calcanhotto – Antologia Ilustrada Da Poesia Brasileira: PARA CRIANÇAS DE QUALQUER IDADE (2013).

Raí – Turma do infinito (2011).

Walter Casagrande – Casagrande e Seus Demônios (2013).

Caio Castro – É Por Aqui que Vai Pra Lá (2016).

Rita Lee – Rita Lee: Uma Autobiografia (2016).

Lobão – Manifesto do Nada na Terra do Nunca (2013).

Marcos Caruso – Trair e Coçar É só Começar (2011).

Bruno Mazzeo – 365 Motivos Para Ser Vascaíno (2010).

PC Siqueira – PC Siqueira Está Morto: Fragmentos de Uma Vida Digital (2016).

Larissa Manoela – O Mundo de Larissa Manoela (2017).

Erasmo Carlos – Minha Fama de Mau (2008).

Wagner Moura – Hamlet (2013)

Zico – Zico Conta Sua História (1996)

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here