As posições sexuais favoritas das norte-americanas

0

De conchinha, cowgirl, papai e mamãe… As posições sexuais mais populares são muitas, e você pode até pensar que a sua favorita é apenas uma preferência pessoal, mas um novo estudo descobriu que elas podem ser tendências.

A pesquisa, realizada pelo site “AskMen”, vasculhou dados do Google AdWords (plataforma que monitora assuntos mais pesquisados no buscador) vindos de todos os cantos dos Estados Unidos para apontar as posições sobre as quais os americanos mais pesquisam.

Em primeiro lugar está a “doggy style”, em que a mulher fica de quatro e o homem a penetra por trás.

Em segundo aparece o famoso “69”, em que os parceiros se deitam com as extremidades voltadas para lados opostos e fazem sexo oral um no outro.

Vencedora em 29 estados, a “mulher no topo”, também conhecido como “cowgirl”, em que a mulher senta-se sobre o homem e dita o ritmo do sexo, também provou sua popularidade entre as posições sexuais.

Alguns estados, porém, contrariaram o entusiasmo acerca dessas posições mais “comuns” e demonstraram alguns interesses mais específicos.

Em New Jersey e Massachusetts, a posição mais buscada é a “facesitting”, em que uma das pessoas fica deitada fazendo sexo oral na outra, que se “senta” sobre seu rosto.

O Missouri, porém, parece mais animado a respeito da “criss cross”. Nela, a mulher se deita e apoia as pernas nos ombros do parceiro, que a penetra ajoelhado.

Além disso, o estudo também fez um levantamento de quais estados estão procurando mais sobre posições sexuais no Google.

Com buscas duas vezes maiores que a média nacional, o Wyoming parece estar fascinado com o assunto, mas Washington fica no topo com uma porcentagem quase quatro vezes mais alta que a média.

Algo que o AdWords não pode informar, porém, é a quantidade de vezes em que os americanos realmente aproveitam as pesquisas que fazem na vida real.

Questionadas sobre o que é mais importante para que elas achem que a transa foi boa, as entrevistadas indicaram dez itens (nesta ordem): as preliminares, chegarem ao orgasmo, o parceiro ser carinhoso, os dois gozarem juntos, o parceiro olhar nos olhos, o parceiro ter orgasmo, fazerem várias posições diferentes, o tamanho do pênis do companheiro, a transa ser precedida por um jantar, o parceiro as elogiar o tempo todo.

Segundo as conclusões do estudo, para conseguir levar a mulher para a cama na primeira noite, o mais importante não é estar bonito e perfumado. Elas apontaram dez itens que realmente pesam nesta decisão.

Os cinco campeões (juntos eles somaram 68% das respostas) foram: você mostrar o quanto ela é importante para você, ter um bom papo, se mostrar cheio de desejo, criar uma situação especial, como um jantar, falar coisas sensuais em seu ouvido.

Portanto, aproveite bem suas férias nos EUA apresentando pras nativas locais o fantástico canguru perneta…

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here