Afeam leva Banco do Povo à região de maior produção de abacaxi do Amazonas

0

A região detentora da maior produção de abacaxi do Amazonas, uma das maiores do País, está recebendo atenção especial da Agência de Fomento do Estado do Amazonas S.A. (Afeam) neste ano. A instituição levou o atendimento do Banco do Povo para dentro da Vila do Engenho, facilitando o acesso ao crédito aos empreendedores em geral, mas especialmente às famílias de agricultores locais e da comunidade vizinha de Novo Remanso, ambas no município de Itacoatiara.

Juntas, as duas comunidades rurais projetam uma safra de 60 milhões de frutos neste ano. Toda a colheita, com elevado índice de produtividade, de aproximadamente 30 mil frutos por hectare, abastece a cidade de Itacoatiara, mas, sobretudo, as feiras e mercados de Manaus.

Nesta terça-feira, 4, técnicos do Sebrae e Idam, parceiros da Afeam no processo de financiamento do microcrédito do Banco do Povo, iniciaram o atendimento dos agricultores e empreendedores dos demais setores econômicos. Inicialmente estão sendo disponibilizados R$ 510 mil para as duas comunidades rurais, além de mais R$ 1,2 milhão para pequenos negócios na sede de Itacoatiara.

“Estamos ampliando o olhar da Afeam, do Banco do Povo no interior do Estado, indo ao encontro de quem precisa de nosso apoio e está distante das sedes municipais. Da mesma forma estaremos atuando, por exemplo, em distritos rurais de Parintins no próximo mês e o objetivo é ampliar esse tipo de ação nas zonas rurais”, destaca o diretor-presidente da Afeam, Alex Del Giglio.

Ampliação do mercado consumidor – Desde quando se iniciou o cultivo do abacaxi, da variedade Pérola, na Vila do Engenho, a Cooperativa dos Produtores Rurais (Ascope) vem atuando para ampliar o mercado consumidor. “Atualmente a meta é fazer funcionar a nossa agroindústria, para dar vazão à produção crescente do fruto”, explica o presidente da Cooperativa, José Ronildo Pessoa, que neste ano vai solicitar financiamento do Banco do Povo para a produção de polpa e suco concentrado.

O prefeito de Itacoatiara, Antonio Peixoto (PT), esteve presente no lançamento do período de atendimento do Banco do Povo e destacou a importância do Governo do Estado em levar crédito aos pequenos produtores, aos microempreendedores, que de outra forma não conseguiriam acessar um financiamento. “Temos muito orgulho da nossa produção de abacaxi, ela gera riqueza e esse tipo de ação é fundamental para ela continuar crescendo”.

De pai para filha – Edilene é a segunda geração da família Mendonça que acredita na riqueza gerada pela terra. Assim como a maior parte das aproximadas 1,2 mil famílias de agricultores da Vila do Engenho, ela também produz a fruta, que brota especialmente doce nas terras de Itacoatiara. Edilene e os pais já estão no terceiro financiamento do Banco do Povo e por essa razão estão na categoria de cliente especial.

“Esse novo financiamento vai nos ajudar a ampliar nossa produção, que hoje está em 29 mil pés de abacaxi, mas já chegamos a ter 40 mil”, relata Edilene. Segundo ela, o capital de giro ajuda a pagar os funcionários que atuam no plantio e colheita e também a adubar a terra.

O gerente de Crédito Rural do Idam, Pedro Chaves, destaca que, além do abacaxi, outras culturas também vêm demonstrando potencial. “O microcrédito certamente ajuda a desenvolver ainda mais a produção do abacaxi, mas muitas famílias também estão investindo na produção de abacaxi, banana, maracujá e a mandioca”.

Segundo o representante do Sebrae na ação do Banco do Povo na Vila do Engenho, Fernando Simões, a meta é divulgar ao máximo o microcrédito na localidade. O objetivo é apoiar toda atividade com potencial, seja ela um projeto de implantação ou de negócio já existente nos demais setores econômicos – comercial, industrial e de serviços.

Mais informações: Assessoria de Comunicação da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam): Liana Martins (3655-3059, 99126-4047, 99171-2890 e 98221-5112) e Hudson Braga (99142-7778).

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here